terça-feira, 4 de novembro de 2014


Eu erro muito. Quase todos os dias, para ser mais específica. Mas durmo com a consciência tranquila, com a alma serena. Não faço mal a ninguém, ninguém mesmo. Talvez eu magoe algumas pessoas sem querer. Talvez, não, com certeza. Ninguém é como a gente espera. E eu já entendi que inevitavelmente a gente magoa e é magoado-CC

Sem comentários:

Enviar um comentário