quinta-feira, 3 de abril de 2014

Estas palavras podiam ser minhas...


Não, não me peçam para decifrar: joguinhos, questões dúbias, meias palavras, meios gestos, a indecisão, o quase-que-estive-para-dizer-mas-não-disse, os silêncios. não me peçam. não digam, joguem, não façam, fiquem em silêncio, mas não me peçam para desvendar o enigma, a minha cabeça não consegue. não tenho essa capacidade. a minha mente é virada para a verdade nua e crua, para as palavras inteiras, para os gestos, para o dizer. não fui formatada para este género de jogos.

Via : Este Blogue precisa de um nome

Sem comentários:

Enviar um comentário